Sucos de frutas oferecem poucos benefícios à saúde

Os sucos de frutas não são tão saudáveis quanto pensamos. Pobres em fibras, ricos em açúcares, caseiros ou industriais, a verdade é que os sucos não fornecem os benefícios desejados, conforme declarou o especialista em nutrição, Dr Philippe Pouillart.

Sucos de frutas oferecem poucos benefícios à saúde

Você não tem o tempo ou o desejo de comer uma fruta, assim que você opta por um suco, pensando em respeitar o conselho de saúde nutricional para sentir-se bem física e esteticamente. Mas esta é uma boa ideia falsa. Na verdade, com a vida que levamos hoje, fica difícil de seguir. Muitas vezes, optamos então para o suco que na verdade consiste numa pura ilusão. Mesmo se for caseiro, o suco não traz os mesmos benefícios que o alimento em sua condição crua. E, muitas vezes, suco de frutas, especialmente industrial, é tanto, ainda mais doce do que um refrigerante.

Uma fruta é rica em vitaminas, minerais, frutose e fibras. Quando transformado em suco, perde a maioria de suas características nutricionais, essencial para o organismo. A maior perda está na fibra, que contribui para o bom funcionamento do trânsito intestinal, estimula a sua imunidade e elimina parte do colesterol. As fibras também contêm polifenóis (antioxidantes) necessários para o sistema cardiovascular, bem como carotenóides (também antioxidantes), conforme as palavras de um professor de nutrição, especializado em pesquisa da prática culinária e saúde em Escola Politécnica da França.
No copo de suco há água, uma grande quantidade de açúcar e algumas vitaminas e minerais. Mas os dois últimos são evaporados rapidamente pela oxidação se o suco não for consumido no momento que tiver sido feito. “Mesmo que seja um suco fresco caseiro, você tem que bebê-lo na próxima hora ou então ele será apenas açúcar”, continuou o professor.

Sucos de frutas oferecem poucos benefícios à saúde

Além disso, ao contrário do que se poderia pensar, um copo de suco de fruta não é equivalente a uma fruta. É preciso uma média de duas laranjas para obter um copo de 80 a 100 ml de suco. No caso de sucos comprados em supermercados, uma embalagem contém cerca de três a quatro laranjas. Portanto, consumimos muito mais frutose, salienta o nutricionista. Frutose, em outras palavras, o açúcar da fruta, é um combustível natural para o corpo. Mas se for consumido em grandes quantidades (acima de 25 g por dia) “é processado e armazenado em gordura”, acrescentou.

Sem mencionar que, quando a fruta é convertida em suco, não a mastigamos e, para melhorar o sentimento de saciedade – o que tanto buscamos – e o funcionamento do sistema digestivo, é uma ação indispensável. Além disso, “o índice glicêmico (nível de açúcar no sangue) é menor quando o alimento é mastigado”, concluiu Dr. Philippe Pouillart.