Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Gabrielle Chanel, a legendária fundadora da marca, sempre foi fascinada pela Rússia, embora jamais a tenha visitado. Para ela  a Rússia sempre existiu como um país imaginado, mantido firmemente em seus sonhos. É é neste sonho russo que a coleção “Chanel High Jewelry” – Joias de Luxo -, denominada “CHANEL Le Paris Russe 2019”, encontra suas raízes.

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

“Os russos me fascinam”, reconheceu Coco a Paul Morand, poeta e diplomata francês que escreveu sobre a designer. O vocabulário de moda de “Coco” foi muito enriquecido e transformado pelos costumes russos. Nas coleções de sua criação, incorporou túnicas longas, batas, capas com debruns de peles e amplas blusas modeladas por cintos, inspirados nas tradicionais “roubachkas” – blusas bordadas.

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Com base neste histórico é que, durante a semana de alta-costura de Paris, foi apresentada a referida coleção de joias, tendo a águia de duas cabeças como ícone de toda a coleção. A águia, às vezes, é reduzida a um símbolo ou contorno e combinada com a camélia, outras vezes, é fundamento de um anel ou ainda figurando no centro de um colar.

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Foram também aplicadas múltiplas variações de motivos das artes decorativas russas, como a dos bordados em cores brilhantes das “roubachkas”, dos cortes inspirados nos “kokoshniks” – tiaras feitas de veludo e adornadas com pérolas -, estampas folclóricas tradicionais aplicadas em lenços e tecidos, e assim por diante. São ainda destes temas que vêm a inspiração da forma em ogiva para o corte de colares e ornamentos de cabeça, delicadeza dos brincos, grandes colares de pérola e colares com safiras amarelas, pedras garnet, com esmeraldas e com diamantes.

 Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Em contraste à claridade luminosa destas gemas preciosas, a coleção também apresenta uma linha de conjuntos com efeitos cromáticos radiantes, expondo tanto a riqueza do artesanato tradicional, assim como a exuberância colorida do Ballets Russes, com quem Chanel compartilhau um senso de aventura, uma paixão pela inovação, uma exaltação do corpo humano, um sentimento de amizade e uma propensão a festividade. Uma celebração do momento por trás do qual reside um sentimento essencial de nostalgia.

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Em homenagem à vida de Coco Chanel e sua paixão russa, o desfile de 1967 foi realizado na Praça Vermelha de Moscou.

Chanel Coleção Joias /Le Paris Russe 2019

Chanel Coleção Joias / Le Paris Russe 2019